Artigos

O tempo seco natural da estação somado à poluição oriunda dos caminhões faz com que o ar fique ainda mais poluído. Por isso, para minimizar esse problemas, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) iniciou no último dia 12.06 (quarta-feira) a Operação Inverno, para ampliar a fiscalização da emissão de poluentes nas estradas. A ação ocorreu no km 57 da Imigrantes.

Os agentes fiscalizaram veículos que trafegavam com excesso de fumaça e aplicaram multas, que serão enviadas pelos Correios. Se flagrado, o proprietário do veículo receberá uma primeira autuação de R$ 1.162,20. Caso o motorista seja reincidente, esse valor será dobrado. Como a autuação é ambiental, o infrator não recebe pontuação na habilitação.

Para identificar os problemas, os fiscais da Cetesb usam a escala de Ringelmann, um cartão com um furo no centro, onde há cinco padrões de cinza para que se compare com o que é solto pelo caminhão. Nos dois tons mais claros, não há penalidade. Já se o veículo tem a fumaça mais escura, a equipe da Cetesb anota a placa, o horário e o índice de poluição.

Segundo a Cetesb, no período de duas horas e meia, diante de um tráfego de dois mil caminhões foi possível constatar cerca de 100 veículos com irregularidades. A operação acabou prejudicada por conta da chuva que caiu na rodovia no início da tarde.

Ainda de acordo com o órgão, mais três fiscalizações do gênero estão marcadas para ocorrer ainda este ano. No entanto, as datas de realização não podem ser divulgadas.

(Fonte: A Tribuna – 12/06/2013)

www.vozvodimdom.com